A Cáritas Brasileira Regional Nordeste 2, através do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2) com financiamento da Petrobras, realizou, entre os dias 11 e 12 deste mês, em Garanhuns (PE), um encontro com representantes de sindicatos dos trabalhadores rurais e associações comunitárias.

Os participantes do encontro fazem parte das comissões municipais, que serão parceiras no trabalho de identificação e seleção das famílias que serão atendidas pelo P1+2, nos municípios de Bom Conselho, Capoeiras e Jucati.

A programação do evento está dividida entre o Seminário São José, onde serão realizadas as reuniões, e também na zona rural do município de Calçado, outra cidade beneficiária do programa com financiamento do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), desde 2012. Durante a visita em Calçado, os participantes do encontro terão a oportunidade de conhecer as tecnologias construídas pelo P1+2.

O primeiro dia de atividades contou com a apresentação da trajetória da Cáritas Brasileira e da Articulação do Semiárido (Asa Brasil), bem como dinâmicas de grupo que incentivam o trabalho em equipe. Ainda na ocasião e divididos por cidade, cada grupo apresentou as expectativas e os desafios que envolvem a realização do trabalho de construções das tecnologias de segunda água.

O coordenador do Programa Uma Terra e Duas Águas, Edimílson Paulino, destacou a importância da parceria entre a Cáritas e as comissões municipais para a realização de um bom trabalho. “A gente está aqui porque o povo precisa dessas cisternas e vocês, mais do que ninguém, conhecem a realidade de cada comunidade. Nossa parceria é muito importante”, frisou.

A avaliação do primeiro dia de encontro entre os participantes foi positiva. Durante a partilha final, a troca de experiências entre os municípios e a luta por uma vida melhor, marcaram a fala dos presentes, que saíram conscientes dos frutos quer serão produzidos pelo trabalho em conjunto.

por Lidiane Santos – Jornalista, comunicadora popular da Cáritas NE2 e P1+2 em Garanhuns/PE.

No related posts.