Sustentabilidade, segurança alimentar, cultivo de uma agricultura sem agrotóxicos e mobilização para o trabalho comunitário. Essas são algumas questões abordadas na capacitação em Gestão de Água para a Produção (Gapa) realizada, entre os dias 10 e 12 deste mês, na Casa de Farinha da comunidade Poço do Boi, no município de Angelim (PE).

O curso é uma realização da Cáritas Brasileira Regional NE2, através do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), e tem como público alvo as famílias que receberão as tecnologias de segunda água naquela região.

Agricultores participam de capacitação em Angelim (PE).

O objetivo do encontro é fortalecer, por meio da troca de experiências, o trabalho da agricultura familiar, que, hoje, é responsável por 70% da alimentação brasileira, segundo o instrutor do curso, Lucinaldo Freitas. A capacitação em Gapa, além de esclarecer os direitos e responsabilidades de cada agricultor, estimula também o trabalho em conjunto. “Uma comunidade quanto mais organizada, melhor. Unidos, conseguimos coisas que parecem impossíveis”, afirmou Lucinaldo.

JUPI – De 06 a 08 deste mês, foi a vez da comunidade Azevém, no município de Jupi (PE), receber a capacitação em Gestão de Água para a Produção. O encontro ocorreu na Capela Mãe Rainha e foi realizada em parceria com o SOS Seca, projeto da Arquidiocese de Olinda e Recife em conjunto com a Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape).

por Lidiane Santos – Jornalista, comunicadora popular da Cáritas NE2 e P1+2 em Garanhuns/PE.

No related posts.