Dia 07 de julho, a Cáritas Diocesana de Pesqueira esteve na Oficina de Mobilização de Recursos com a publicitária Renata Costa, da Cáritas Brasileira em Brasília. Representaram a Cáritas Diocesana de Pesqueira Neilda Pereira, coordenadora geral da Cáritas Diocesana de Pesqueira, Magna Pollyanna, gerente administrativo e Adriana Leal, comunicadora popular. O evento aconteceu em Olinda, na sede do Conselho da Pastoral dos Pescadores. O objetivo da oficina foi ampliar a visão sobre a captação de recursos para projetos sociais.

Além da Cáritas Diocesana de Pesqueira, diversas outras Cáritas marcaram presença na oficina, tais como as Cáritas Diocesana de Caicó, Natal, Mossoró, Garanhuns, Maceió, Palmeira dos Índios, Arapiraca, Penedo e Caruaru, que somatizou 30 pessoas.

A parte da mobilização foi colocada no evento não apenas como captação de recursos financeiros, mas a conciliação de interesses. “A área social faz parte do interesse de qualquer empresa nos dias de hoje”, disse Renata, enfatizando a questão da responsabilidade social nas organizações da atualidade, que é mais uma ferramenta de marketing das grandes empresas para divulgar uma imagem favorável aos clientes e fornecedores.

O investimento na rede de pessoas foi colocado como uma rica e diversa fonte de oportunidade, onde esta foi vista como essencial à entrada de financiamento na instituição. “A rede de contatos é a sobrevivência da mobilização de recursos”, declarou Renata, que informou ainda que antes de mobilizar possíveis colaboradores é importante investir em recursos internos, como a imagem da organização dentro do seu espaço e requisitos externos, como a comunicação e parcerias.

A publicitária Renata ainda citou como importante ferramenta de marketing o uso da internet com pesquisa no Google sobre estratégias de organizações afins, leitura de livros e revistas especializadas, recebimento de newsletter especializados para ampliação do conhecimento da captação de recursos em ONGs. “A pesquisa é o fio da meada da criatividade”, afirmou Renata.

Ainda foram abordadas diversas ideias de captação de recursos como caixas para depósito de moedas em pontos comerciais, cooperação internacional, convites à parceria em faturas de supermercado, relação próxima com os veículos de comunicação. “Esteja atento aos temas de destaque na mídia; ofereça serviços gratuitos à comunidade e paute a mídia”, completou Renata, mostrando mais uma estratégia de sucesso para atrair a mídia.

por Adriana Leal | Comunicadora Popular da Diocese de Pesqueira/Cáritas Diocesana

No related posts.