Com o objetivo de promover uma ação específica voltada para a juventude do meio rural, a Diocese de Pesqueira, através da Cáritas Diocesana, promoveu, na ultima quarta-feira (24) uma reunião para discutir uma proposta de formação para jovens rurais das 13 cidades que compõem o território de atuação da Diocese. O encontro aconteceu na sede da Cáritas, em Pesqueira (PE).

A reunião contou com a presença de Karlone Barroca, da Secretaria de Agricultura e Reforma Agrária (SARA), Dr. Evandro Chacon, prefeito de Pesqueira, Neilda Pereira, coordenadora geral da Cáritas Diocesana de Pesqueira e coordenadora executiva da ASA Pernambuco, irmã Vera, representando dom José Luiz Ferreira Salles, Paulo Santana, do Serviço de Tecnologia Alternativa (SERTA). Além dos agentes Cáritas Roseilda Couto, Catarina Márcia e Risaldo Gomes.

Na ocasião, Neilda destacou o interesse do bispo diocesano na formação dos jovens. Ela destacou ainda, que para isso está em construção uma parceria com a SARA, a prefeitura de Pesqueira – e eventualmente, o envolvimento do CONDOMAR –, o SERTA e a Diocese de Pesqueira. A proposta é promover a formação dos jovens filhos de agricultores.

Durante a reunião, Paulo Santana explicou que o SERTA já possui boa experiência, cerca de 24 anos, trabalhando em prol de atividades formativas para a juventude, com foco no campo da agricultura familiar. Ele destaca que o SERTA atua em dois campus: Ibimirim (Sertão do Moxotó) e Glória do Goitá (Mata Norte), e entre suas ações promove a segurança alimentar e o fortalecimento da agricultura familiar. O curso de formação oferecido pela organização tem duração de 01 ano, e é reconhecido pelo MEC. Hoje cerca de 370 alunos participam do curso.

O prefeito de Pesqueira expôs o interesse em colaborar com a ação, e sugeriu um espaço, que com ajuda do governo estadual para recuperá-lo, poderia ser a sede para local de formação. Na ocasião, foi formado um grupo de trabalho, que irá formular uma proposta de diagnóstico até o final deste mês. A ideia é que no mês de agosto seja aplicado o diagnóstico nos municípios, e no início de setembro apresentar os resultados e pensar nas ações concretas da parceria.

por Risaldo Gomes | Cáritas Diocesana de Pesqueira

No related posts.