A presidente da Cáritas Diocesana de Palmeira dos Índios, Maria do Carmo Silva, assina convênio para execução de várias obras de captação e armazenamento de água para a produção, bem como ações de formação, capacitação e assistência técnica

A Cáritas Diocesana de Palmeira dos Índios assinou convênio com a Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri). O convênio para implementação do “Programa Água para Todos” através da execução do projeto “Uma Terra e Duas Água (P1+2)” foi assinado no dia 23 de julho.

O P1+2 será implementado na zona rural do município de Palmeira dos Índios e beneficiará 276 famílias de agricultores familiares com diversas obras de captação e armazenamento de água para a produção, formação, capacitação e assistência técnica.

O projeto prevê a construção de 276 cisternas de placas de 52 mil litros, conhecidas como cisterna calçadão, 20 barragens subterrâneas, 40 tanques de pedras e 300 núcleos produtivos compostos por horta e criação de pequenos animais.

Na linha da formação e capacitação serão realizadas junto às famílias 336 capacitações em gestão de água para produção; 296 capacitações em sistemas simplificados de água também para produção; 01 capacitação da Comissão Municipal; 02 capacitações de pedreiros e a realização de 02 intercâmbios de agricultores familiares para multiplicação de experiências em gestão de água para a produção.

Para execução dessas atividades a Cáritas Diocesana contratará uma equipe técnica formada por 09 profissionais: coordenador, gerente financeiro, auxiliar administrativo e agentes de campo.

Os agentes de campo serão os responsáveis pela mobilização e acompanhamento às famílias, comunidades, comissão Municipal e pedreiros. Para Contratação da equipe a Cáritas publicará edital de seleção simplificado na primeira semana de agosto, pois precisará iniciar imediatamente os trabalhos. Vale ressaltar que a Cáritas está cadastrando pedreiros com ou sem experiência para trabalhar no projeto. Para se cadastrar os interessados devem comparecer à sede da Cáritas Diocesana em Palmeira dos Índios, munidos dos seguintes documentos: CPF, RG e comprovante de residência.

Iniciativa: Esse convênio é uma parceria do Governo de Alagoas com o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e visa reduzir a insegurança hídrica e nutricional das famílias que residem na região semiárida de Alagoas, como parte do Plano Brasil Sem Miséria do Governo Federal. O Edital para credenciamento das Entidades “Edital 002/2012″ previa a assinatura de convênios com as Instituições da Sociedade Civil com experiência na construção de cisternas de Placas objeto do Edital. Na ocasião, 08 entidades membro da ASA-AL foram credenciadas para execução do projeto, entre elas a Cáritas Diocesana de Palmeira dos Índios

Com esta ação a Cáritas espera contribuir para minimizar os efeitos da estiagem junto às famílias que sofrem a cada seca por falta de estruturas que captem e armazenem água para consumo humano e produção.

De acordo com a diretoria da Cáritas de Palmeira dos Índios, é visível que durante este último período de estiagem, as famílias que já possuem tecnologias para captação de água, se comparadas com as que ainda não têm, tiveram menos dificuldades para enfrentar a estiagem prolongada.

Para a Cáritas essas iniciativas são ações estruturadoras que visam à manutenção e continuidade da vida no Semiárido, e que precisam ser massificadas e universalizadas, pois assim será possível uma convivência digna na região semiárida.

por Maria Aparecida Mafra | Articuladora Estadual da Cáritas Brasileira NE2

No related posts.