No período de 16 a 26 de julho ocorreu a 65ª Anual da Sociedade Brasileira para o progresso da Ciência, no campus da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), em Recife, PE. Nesta edição o tema do evento foi “Ciência para o Novo Brasil”.

As reuniões anuais da SBPC recebem estudantes, pesquisadores, professores e profissionais liberais de diversas partes do país. E nesta ocasião esteve presente a comunicadora popular da Cáritas Diocesana de Pesqueira Adriana Leal, que é jornalista e gestora ambiental, para a apresentação do pôster A Cisterna de Placa como tecnologia social no semiárido, que foi fruto da especialização em Gestão Pública do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco (IFPE) e da pesquisa de campo realizada através da Cáritas Diocesana de Pesqueira e Articulação no Semiárido (ASA). “A união da academia com a pesquisa in loco através da Cáritas Diocesana de Pesqueira foi fundamental para que este trabalho pudesse ser apresentado na reunião da SBPC, que é dos mais relevantes do país à nível de ciência e tecnologia”, disse Adriana Leal, que teve como professora orientadora a Profª. Ma. Bianca Nogueira.

Adriana Leal também apresentou um trabalho na reunião da SBPC do ano anterior, que ocorreu em São Luís, também na linha de desenvolvimento rural sustentável, sobre pluriatividade, em conjunto com a tecnóloga em gestão ambiental Valcilene Rodrigues e a Profª Ph. D. Marília Lyra, do IFPE, que foi a orientadora. “Agora já estou me organizando para a próxima SBPC, que acontecerá no Pará, em 2014. O evento é de extrema importância aos estudantes de todos os níveis de ensino, especialmente aos que seguem carreira de pós-graduação”, afirmou Adriana Leal, que pretende marcar presença anualmente nas reuniões da SBPC.

As Reuniões Anuais da SBPC – Realizada desde 1948, com a participação de representantes de sociedades científicas, autoridades e gestores do sistema nacional de ciência e tecnologia, a Reunião Anual da SBPC é um importante fórum para a difusão dos avanços da ciência nas diversas áreas do conhecimento e um fórum de debates de políticas públicas para a ciência e tecnologia.

A programação científica é, geralmente, composta por conferências, simpósios, mesas-redondas, encontros, sessões especiais, minicursos e sessões de pôsteres. Acontecem também, durante a Reunião Anual, eventos paralelos, como a SBPC Jovem (programação voltada para estudantes do ensino básico), a ExpoT&C (mostra de ciência e tecnologia) e a SBPC Cultural (apresentação de atividades artísticas regionais e discussões sobre temas relacionados à cultura).

A cada ano, a Reunião Anual da SBPC é realizada em um estado brasileiro, sempre em universidade pública. O evento reúne milhares de pessoas – cientistas, professores e estudantes de todos os níveis, profissionais liberais e visitantes.

Por Adriana Leal – comunicadora popular da Cáritas de Pesqueira / Diocese de Pesqueira

No related posts.