Dando continuidade à programação da Semana da Solidariedade o segundo dia foi marcado por um intercâmbio cheio de experiências educacionais e culturais. Os monitores do Projeto Crescendo com Cidadania da Cáritas Paroquial Santa Clara de Assis, em Tupanatinga (PE), nas dependências da Fundação Terra, no município de Arcoverde (PE) preparam uma séria de atividades nos dos dois pólos da instituição, a Rua do Lixo e o Sítio Malhada.

A diretora Michele Shirley da Silva iniciou as atividades declarando que, “Fazer com que as crianças se sintam amadas. Com uma educação voltada para cidadania, é a nossa meta”. A coordenadora pedagógica, Adriana de Oliveira, explicou a importância da semana para instituição. “É mais uma chance de conscientização e mobilização para o exercício da cidadania por meio da prática da solidariedade.”, enfatizou.

Ambas lembraram as dificuldades em começar o trabalho idealizado por padre Airton Freire, sacerdote da Diocese de Pesqueira.“ Tivemos dificuldade com os familiares atendidos, pois eram gente simples que não acreditavam nos seus potenciais e que estavam mais interessados numa linha assistencialista. Queriam receber roupa e comida. Foi preciso muita determinação e mostrar que devemos ter consciência dos nossos direitos e deveres. Mas, mesmo as dificuldades, procuramos continuar apostando no ser humano”, relembra.

Apresentações musicais, danças folclóricas e as experiências educacionais como incentivo a leitura movimentaram as crianças durante toda o dia.

por Risaldo Gomes – articulador da Cáritas Diocesna de Pesqueira – PE

No related posts.