A Cáritas Brasileira Regional Nordeste 2 realizou, entre os dias 25 e 26 deste mês, no auditório da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Pernambuco (Fetape), em Garanhuns, uma capacitação sobre casa de sementes. A oficina foi ministrada pelo médico veterinário Eromildes Brandão Barbosa.

A formação tem o objetivo de incentivar as famílias a resgatarem o uso das sementes crioulas, a fim de preservarem a biodiversidade local. Além disso, a oficina também abordou noções de gestão para as casas sementes, que serão implantadas pela Cáritas através da execução do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), com patrocínio da Petrobras, nas comunidades Mimoso, em Capoeiras, e Lagoa do Jerimum, em Bom Conselho.

Durante o encontro, os agricultores e agricultoras puderam conhecer os tipos de sementes, bem como as formas de domesticação, propagação, seleção e melhoramento das mesmas. Os trabalhos em grupo oportunizaram o debate assim como a reflexão da agroecologia.

De acordo com a agricultora Maria Madalena de Brito, 53, a capacitação trouxe mais do que conhecimento. “Eu saio desse encontro mais feliz, porque se eu colocar em prática o que eu aprendi hoje sobre tipos e domesticação de sementes, terei mais rendimento. Outra coisa importante é que agora eu tenho água, posso produzir alimentos sem veneno”, afirmou. O encontro foi finalizado com a leitura da parábola do Semeador e em seguida pela oração do Pai Nosso.

por Lidiane Santos – Comunicadora Popular P1+2 – Cáritas Regional NE2

No related posts.