Dentro da programação da Semana da Água promovida pela Cáritas Diocesana de Pesqueira, a comunidade de Sobrado, município de Jataúba, no Agreste, realizou um momento para refletir e debater sobre a importância da água. O evento reuniu cerca de 40 moradores da localidade e vizinhança do entorno na última terça-feira (18/03).

Os participantes foram divididos em dois grupos para debater a partir do questionamento: A água do universo acabou, o que fazer agora? Após a discussão, os participantes trouxeram várias reflexões, como preservar as fontes d’águas existentes, cuidado com a água das cisternas, não fazer queimadas nas roças e nem jogar lixo ao redor de casa.

Chamou à atenção nas falas dos participantes a importância e transformação na vida das famílias agricultoras com chegada das cisternas de placas. O agricultor Sebastião Monteiro declarou que a cisterna de placas trouxe mais qualidade para os agricultores e agricultoras, com água para beber e cozinhar, e facilitou muito a vida da sua família. “Foi a melhor coisa de Deus esse projeto das cisternas. Do terreiro mesmo, encho a lata d’água e levo para dentro de casa”, disse.

“A água um dia pode acabar na nossa comunidade. É preciso estocar tanto a água que cai da chuva como também ração para os animais. As cisternas de placas vêm dando essa contribuição muito grande para a gente armazenar e garantir água boa pro resto do ano”, enfatizou a liderança rural da comunidade, José Quitério.

por Daniel Ferreira | jornalista Cáritas Diocesana de Pesqueira

No related posts.