Com o tema, “10 anos comprometida com o Evangelho na Luta por Direitos Sociais”, o seminário regional refletiu e celebrou a caminhada da Escola Pe. Humberto Plummen e apontou as perspectivas de continuidade desta valorosa experiência.

Representantes das 11 Escolas de Fé e Política – em atividade NE 2 – estiveram reunidos nos dias 28, 29 e 30 de março, em Olinda-PE, perfazendo um total de 40 pessoas, vindas dos quatro estados do nosso regional.

Promovida pelo Setor Pastoral Social do NE 2, a Escola Regional de Fé e Política Pe. Humberto Plummen é um espaço formativo de agentes pastorais e militantes sociais, organizada em seis módulos, com o intuito de formar e informar na fé cristã, qualificando estes agentes para o agir na dimensão social.

A participação de alunos/as, ex-alunos/as e assessores enriqueceu as discussões a cerca da continuidade desta experiência que segundo Arivaldo Sezytha “nascemos coletivos e nascemos referência”. Sinalizando o grande mutirão para a realização da escola que surge antes do Centro Nacional de Fé e Política Dom Hélder Câmara.

O Bispo acompanhante das Pastorais Sociais, Dom José Luis Sales, se fez presente, saudando os participantes e fazendo a memória do Pe. Humberto, que assim como ele, é da ordem dos padres redentoristas.

Em sua mensagem, Dom José, recordou o alerta do amigo de congregação, em relação ao cenário político. O Pe. Humberto dizia: “vai chegar o tempo em que não teremos mais esquerda nem direita, vai tá tudo misturado, o cenário vai ficar cinzento…”

O Pe. Humberto tinha razão, já estamos vivenciando esta conjuntura, para tanto se faz necessário ter clareza das forças políticas e das suas relações, sendo de suma importância a formação, pela qual, ele tanto primava, acreditando na força do evangelho para a transformação social.

Com informações do Setor Pastoral Social da CNBB NE2.

 

 

No related posts.