De 26 a 30 de outubro, agentes Cáritas vindos do Pará, território da Cáritas Norte 2, irão conhecer os trabalhos desenvolvidos pelo Programa de Infância, Adolescência e Juventude (PIAJ), da Cáritas Diocesana de Penedo (Regional Nordeste 2), no município de Arapiraca, no interior alagoano.

O evento, chamado de “Intercâmbio de Saberes”, tem como tema “Compartilhar vivências para transformar” e, como lema, a passagem bíblica “E Ele crescia em estatura, sabedoria e graça” (Lc 2,52). No encontro, serão feitas apresentações, discussões, no Espaço Belo Horizonte, em Campo Alegre (AL), e também visitas aos atendidos pelas iniciativas do PIAJ realizadas na região.

Atualmente, a Cáritas Diocesana de Penedo acompanha cerca de 150 crianças e adolescentes, que estão diretamente envolvidos nas ações de promoção humana e de desenvolvimento sustentável. Em Arapiraca, por exemplo, a ação dos agentes da Cáritas é voltada à educação, inclusão digital e difusão da cultura local, focando, sobretudo, nos filhos de catadores de material reciclável do lixão da Mangabeira, aterro sanitário conhecido na cidade. Quanto aos catadores, há um trabalho de conscientização, por parte da Cáritas, contra o trabalho de crianças, adolescentes e jovens.

Na oportunidade, os agentes Cáritas da Ação Social Diocesana de Cajazeiras (ASDICA) irão apresentar aos visitantes os resultados do programa que atende menores em situação de risco social na periferia de Cajazeiras, no interior paraibano. Nessa região, as ações do PIAJ também são desenvolvidas através de parcerias, entre elas com a Pastoral do Menor.

Segundo a pedagoga e coordenadora do PIAJ (Regional NE2), Bibiana Santana, a expectativa de receber o grupo, vindo do Norte do país, é grande em função da possibilidade de aprimorar, cada vez mais, os projetos em ambas as regiões, com a troca de experiências. “Vamos compartilhar nossas vivências e saberes, na perspectiva da construção de uma sociedade melhor, da transformação das realidades negativas em construções positivas”, ressalta a pedagoga.

Essa oportunidade entre os dois regionais da Cáritas (Norte 2 e Nordeste 2) é a segunda etapa do intercâmbio. Em novembro do ano passado, o grupo do Nordeste 2 visitou os projetos na cidade paraense de Cametá. No Pará, as ações da Cáritas Norte 2 tem como objetivo erradicar o trabalho infantil, combater a exploração sexual de crianças e adolescentes, bem como fomentar a cultura regional das comunidades ribeirinhas. “Na oportunidade, vimos uma realidade bem difícil de ser enfrentada, mas, com a criatividade para buscar parcerias e a disposição dos voluntários, percebemos que eles acreditam que podem melhorar e continuam na luta, não desistem. E esperamos que as nossas experiências possam ajudá-los e motivá-los ainda mais no trabalho que já existe”, completou Bibiana Santana.

O intercâmbio também contará com a participação e troca de experiência entre representantes da Cáritas Brasileira (Secretariado Nacional), Regional Ceará, além de representações das Cáritas Arquidiocesanas e Diocesanas de Pesqueira (PE), Guarabira (PB), Maceió e Palmeira dos Índios (AL).

Por Wagner Cesário | Assessoria de Comunicação do Regional NE2

 

No related posts.