A Cáritas Brasileira iniciou nesta quinta-feira (12), data do seu aniversário de 59 anos, a XX Assembleia Nacional. O evento tem como lema Cáritas Brasileira: Missão e solidariedade a serviço da Vida e pretende aprofundar a reflexão sobre o tema Gestão da Rede Cáritas. O encontro nacional é resultado de um processo que contou com as etapas local, regional e inter-regional, além de uma etapa prévia a todas essas que foi a organização pessoal de cada agente Cáritas diante da temática e das questões a serem abordadas na assembleia. Os participantes avaliarão os processos de gestão compartilhada, a atuação em rede, a incidência das ações da Cáritas sobre a realidade, a inserção de seu trabalho nos espaços da Igreja e a mobilização de recursos. A partir dessa avaliação, serão definidos os novos rumos de gestão da Rede Cáritas. Além disso, será escolhida a próxima direção da organização.

A Mesa de Abertura da XX Assembleia Nacional, realizada na tarde desta quinta-feira, contou com as presenças de Dom Leonardo Steiner, secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB); Dom Flávio Giovanale, presidente da Cáritas Brasileira; Dom Arlindo Gomes Furtado, primeiro cardeal de Cabo Verde; Anadete Gonçalves Reis, vice-presidente da Cáritas Brasileira, e Marina Almeida, secretária-executiva da Caritas Caboverdiana. Cerca de 200 pessoas estão reunidas na Assembleia, entre membros da Diretoria Nacional, Conselho Fiscal e Coordenação Colegiada da Cáritas Brasileira, delegados por entidade-membro, o/a secretário/a regional e os Bispos Referenciais. Também estão presentes convidados das Pastorais Sociais, CNBB, representantes do Seminário Fome e Desigualdades nos Países Lusófonos e entidades parceiras, além de toda equipe do Secretariado Nacional.

A programação geral da XX Assembleia Nacional começou na manhã do dia 12/11, com a Reunião dos Bispos Referenciais. À tarde, além da Mesa de Abertura, foi realizada a Análise de conjuntura da realidade socioeconomicapolítica brasileira, com a assessoria da professora Maria Lúcia Fattorelli, auditora aposentada da Receita Federal e fundadora do movimento Auditoria Cidadã da Dívida, e do filósofo e Dr. em Sociologia do Trabalho pela Universidade Federal do Paraná, César Sanson. A abertura da feira comemorativa ao aniversário da Cáritas e sua celebração foram feitas à noite. Nesta sexta-feira, dia 13/11, estão previstas a Análise da conjuntura eclesial, pela manhã, com as presenças do monge Marcelo Barros e da professora Carmem Lussi.

Por Luciano Gallas / Assessoria Nacional de Comunicação

Fotos: Ricardo Piantino e Luciano Gallas

No related posts.