Na noite da última sexta-feira (13), as organizações da sociedade civil com experiência no atendimento aos refugiados foram as convidadas do encontro “Refugiados – uma barreira sem fronteiras”, da Faculdade Estácio, no Recife. Na ocasião, o comunicador do Regional NE2, Wagner Ferreira, falou em nome da Cáritas Brasileira e dividiu a mesa de debates com o gestor do Escritório de Assistência à Cidadania Africana em Pernambuco, Altino Mulungu, e a representante da Clínica de Direitos Humanos da Faculdade Damas, Maeli Farias.

O evento teve como objetivo apresentar ao público as iniciativas que vêm sendo realizadas pelas entidades em função, sobretudo, dessa crise humanitária que atinge a Síria. Em relação à Cáritas, foi abordada a história da instituição em relação ao tema, bem como a ação desenvolvida nas Cáritas Arquidiocesanas de São Paulo e do Rio de Janeiro, que tem servido de referência para as demais entidades-membros do país. “É importante destacar que o tema do evento é muito significativo para a Cáritas, porque tem como enfoque principal a vida, a vida de pessoas que estão deixando suas casas, seus países, em busca de uma vida melhor”, disse Ferreira.

Ainda, durante as apresentações, foram apresentados desafios e propostas para o acolhimento e integração desses refugiados em Pernambuco. “Não podemos abrir mão de, junto com as outras instituições, formarmos uma rede que favoreça a cooperação nesse trabalho que tende a aumentar cada vez mais na nossa região”, destacou o comunicador.

Nos dias anteriores, houve a participação, nas mesas de discussão, de especialistas em Direitos Humanos, de refugiados, de professores e estudantes de Relações Internacionais.

 Audiência Pública

Na próxima quarta-feira (18), a convite da Comissão de Assuntos Internacionais da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), será realizada uma audiência pública com o tema “Migração e Refúgio: Desenvolvimento de Políticas Públicas para Inserção Social e Econômica no Estado de Pernambuco”. O evento começa às 16h, no auditório da Alepe e estão previstas as presenças de representantes do governo estadual de organizações da sociedade civil, refugiados e estudiosos do tema.

Assessoria de Comunicação Cáritas Brasileira Regional NE2

 

No related posts.