A Comissão de Assuntos Internacionais da Assembleia Legislativa de Pernambuco promoveu, na última quarta-feira (18), a audiência pública “Migração e Refúgio: Desenvolvimento de Políticas Públicas para Inserção Social e Econômica no Estado de Pernambuco”. O evento, realizado na capital pernambucana, reuniu parlamentares, representantes da Prefeitura do Recife e de organizações da sociedade civil, migrantes, refugiados e estudiosos do tema.

A ação foi uma oportunidade para partilhar informações sobre o tema e discutir ações concretas que podem ser desenvolvidas para acolher e integrar os refugiados no Estado de Pernambuco. Na oportunidade, a Cáritas Regional NE2 foi representada pelo comunicador Wagner Ferreira. “Fizemos questão, nessa audiência, de mostrar que a Cáritas tem total interesse de participar desses fóruns de discussão e, junto com a experiência que temos em outras situações de emergência, construir políticas públicas que permitam a recepção e integração desses que buscam refúgio”, disse.

Foram sugeridos pelos participantes vários encaminhamentos, como a criação de uma rede de instituições que possam dar assistência aos estrangeiros, a articulação, junto aos governos, para a construção de espaços físicos para abrigá-los adequadamente, a criação, por meio de uma lei estadual, de um dia oficial, a cada ano, para a discussão e conscientização, combatendo, nesse sentido a prática de xenofobia.

A audiência foi solicitada pelo Escritório de Assistência à Cidadania Africana em Pernambuco, que atua no acolhimento de migrantes e refugiados oriundos do continente africano.

Por Wagner Cesario | Assessoria de Comunicação Cáritas NE2

 

No related posts.