A equipe da Cáritas Diocesana de Pesqueira recebeu, no último dia 9, o prefeito de Pesqueira (PE), Evandro Chacon, os secretários de governo, Wendel Lira da Silva, e de meio ambiente, Jonas Celso Maia Brito, além dos assessores da Cáritas Regional NE2, Joseilson Ferreira e Rosana Pontes, para uma reunião tendo como pauta a Encíclica Laudato Si’ e a Campanha da Fraternidade Ecumênica  (CFE 2016).

Na ocasião, a secretária executiva, Neílda Pereira, destacou que o encontro tinha como objetivo construir propostas para uma ação efetiva de organização dos catadores e catadoras de materiais recicláveis. Nesse sentido, foi apresentado um vídeo sobre a experiência dos catadores de Caicó (RN), que são acompanhados pela Cáritas Diocesana de Caicó. Em seguida, os participantes da reunião discutiram projetos de implantação de sistemas adequados de descarte e reciclagem de lixo, que necessita de alternativas que ajudem a conscientizar e sensibilizar a população em geral, visto a necessidade de programar a cultura da reciclagem, do reuso e da recuperação no município.

Como principal encaminhamento deste diálogo ficou a formação de um grupo de trabalho, cujo papel será analisar, discutir e construir com os catadores propostas concretas de implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) que incentiva a criação e o desenvolvimento de cooperativas ou de outras formas de associação de catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis e define que sua participação nos sistemas de coleta seletiva e de logística reversa.

A esse respeito, destaca-se a Lei nº 11.445/2007 que estabelece as diretrizes nacionais para o saneamento básico, na qual já havia sido estabelecida a contratação de cooperativas e associações de catadores de materiais recicláveis, por parte do titular dos serviços públicos de limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, dispensável de licitação.

A participação da sociedade será fundamental, por isso se pensa na formação de espaço de discussão coletiva para que as ações sejam concretizadas, visando à discussão de políticas públicas que garantam a melhoria da qualidade de vida nas cidades é cuidar do Planeta, já tão devastado, por isso é prioridade reeducar a população ensinando como separar o lixo em casa e coletando o material reciclável, gerando renda para os/as catadores/as.

Por Risaldo Gomes | Cáritas Diocesana de Pesqueira (PE)

No related posts.