Tomou posse no sábado (18), em assembleia geral ordinária, a nova diretoria da Cáritas Diocesana de Palmeira dos Índios. A agente Cáritas Maria do Carmo Santos foi reconduzida como presidente e nos próximos três anos (2016-2019) dará continuidade ao trabalho da organização membro ligada ao Regional NE2 da Cáritas Brasileira.

Completam a diretoria Maria de Lourdes Santana, como vice, Erika Lajes e Ana Maria dos Santos, como secretárias, Maria Fonseca e Josefa Menezes, na tesouraria, e Albani Rocha, Terezinha Conceição e José Hélio da Silva, como membros do conselho fiscal da organização.

A votação, que se deu em chapa única, e a posse, ocorreram no Centro Comunitário Xucurus, na cidade alagoana de Palmeira dos Índios. A V Assembleia contou com a participação de aproximadamente 50 pessoas, entre representações de movimentos e pastorais sociais, paróquias, grupos de economia solidária, agricultores, catadores de materiais recicláveis e agentes Cáritas.

A abertura da assembleia foi marcada por uma celebração eucarística presidida pelo bispo diocesano, Dom Dulcênio Matos, e concelebrada pelo padre Hélio Pereira dos Santos, nomeado bispo auxiliar da Arquidiocese de Salvador. “Este é um dia de festa e, por isso, motivo de grande alegria por todo serviço que a Cáritas tem prestado a diocese de Palmeira dos Índios”, lembrou dom Dulcênio, se referindo as ações realizadas pela Cáritas junto aos catadores, aos agricultores familiares e, sobretudo as ações voltadas para a convivência com o Semiárido.

Como parte da programação, aconteceu o seminário “Vivendo a Pastoralidade Eclesial na Cáritas”, que contribuiu para formação dos voluntários da Cáritas diocesana. Na ocasião, houve uma roda de conversa, onde se refletiu sobre o trabalho e o perfil do voluntário, com base na missão da entidade e na solidariedade pelos mais empobrecidos.

Na parte da tarde, foi feita a leitura do estatuto institucional da Cáritas diocesana. Segundo Maria do Carmo, essa versão foi produzida de acordo com as novas formulações do Código Civil, e o novo Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil. Na oportunidade, também foi feita a prestação de contas dos programas e projetos realizados nos últimos três anos.

Por Kilma Ferreira | Assessoria de Comunicação da Cáritas Brasileira Regional NE2.

No related posts.