Na última sexta-feira (17), a equipe da Cáritas Diocesana de Pesqueira (PE) reuniu gestores municipais para discutir as principais problemáticas do território. No evento, coordenado pelo bispo diocesano, Dom José Luiz Ferreira Salles, e, pelo Assistente Eclesiástico da Cáritas Diocesana, Padre Fábio Pereira dos Santos, estiveram representantes das cidades de Pesqueira, Sanharó, Belo Jardim, Arcoverde, Sertânia, Buíque, Venturosa, Poção e Tupanatinga.

A iniciativa tem como objetivo, a partir da escuta e da proposição dos participantes, construir espaços de articulação entre a igreja e o poder executivo na busca de melhores condições de vida para a população.

Nesse sentido, os prefeitos tiveram a oportunidade de externar as preocupações em relação aos respectivos municípios e, de forma geral, um dos principais desafios apontados foi a estiagem prolongada que vem assolando essa região há seis anos. Como encaminhamento do encontro, ficou programado um novo encontro, nesta sexta-feira (31), com os secretários de governo, para a elaboração de um documento sobre a situação hídrica.

Ao final do encontro, o bispo entregou mudas de árvores nativas para cada gestor, a fim de que eles possam  plantá-las em suas cidades, levando esperança de dias melhores e motivando a população para o reflorestamento da região. Os prefeitos também receberam a agenda e calendário 2017 da Cáritas Diocesana de Pesqueira, material gráfico que foi produzido a partir dos desenhos das crianças atendidas pelo projeto “Crescendo com Cidadania”, desenvolvido pela Cáritas Paroquial Santa Clara de Assis, em Tupanatinga (PE).

 Por Wagner Cesario | Assessoria de Comunicação do Regional NE2, com informações e fotos de Rosanny Barreto, da Cáritas Diocesana de Pesqueira

.

No related posts.