Agentes Cáritas do Regional Nordeste 2 participaram, na última segunda-feira (28/03), no Auditório da Central Única dos Trabalhadores (CUT/PE), em Recife, de uma reunião organizada pela Federação dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado de Pernambuco (Fetape). O encontro teve como objetivo a discussão sobre a retomada do Fórum de Organização do Campo em Pernambuco, a partir de uma articulação formada por organizações da sociedade civil que trabalham com o público camponês.

A retomada do Fórum partiu da necessidade de somar forças e experiências, para incidir de forma mais ativa no atual contexto vivido pelo país, no que diz respeito à redução de direitos conquistados e às reformas propostas pelo Governo Temer, entre elas a do Ensino Médio, que já foi aprovada, além da Previdenciária e da Trabalhista, que seguem em tramitação. Na prática, todas essas mudanças trazem consequências para o povo brasileiro, mas são capazes de afetar, de forma mais rigorosa, a população rural.

Além disso, outro ponto de pauta girou em torno da preparação de uma audiência pública na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), para ser realizada no dia 17 de abril, no período da manhã. Nesse mesmo dia, à tarde, está previsto também o Grito da Terra, que pretende reunir, em Recife, aproximadamente, oito mil agricultores e agricultoras de todas as partes do Estado de Pernambuco.

Na ocasião, também participaram do encontro representantes da Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA/PE), Comissão Pastoral da Terra (CPT), Cooperativa dos Profissionais em Atividades Gerais (Coopagel), Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados Rurais de Pernambuco (Fetaepe), Instituto Manoel Santos, Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Pastoral da Juventude Rural (PJR) e Serviço de Tecnologia Alternativa (Serta).

Lidiane Santos | Assessoria de Comunicação do Regional NE2

No related posts.