Na última sexta-feira (31), a avenida Conde da Boa Vista, na região central do Recife, foi tomada por milhares de trabalhadores e trabalhadoras que reivindicavam a manutenção dos direitos e se posicionaram contra medidas, como a Reforma Previdenciária, em tramitação no Congresso Nacional.

Bandeiras, faixas e palavras de ordem procuravam chamar a atenção de quem trabalhava no comércio, transitava nas calçadas e passava dentro dos carros e ônibus e pediam maior atenção e envolvimento na discussão de propostas que podem prejudicar as relações trabalhistas e o direito à aposentadoria. Alguns integrantes do evento pediam também a renúncia do presidente da República, Michel Temer, e a realização de eleições diretas.

Na mobilização, os agentes Cáritas do Secretariado Regional Nordeste 2 acompanharam o trajeto da passeata e se manifestaram junto com pessoas vindas do campo e da cidade, ligada aos movimentos sociais, às centrais sindicais, e às Frentes Povo sem Medo e Brasil Popular, responsáveis pelo ato. A estimativa dos organizadores é que cerca de 50 mil pessoas estavam presentes. O evento faz parte da programação que prevê uma greve geral no dia 28 de Abril.

Por Wagner Cesario | Assessoria de Comunicação do Regional NE2, com fotos do Sintepe

 

No related posts.